O que é necessário para financiar um imóvel?

Para comprar o imóvel dos sonhos, mais do que pesquisar a qualidade e a localização, você precisa analisar qual é a melhor forma de pagamento. No Brasil, as principais formas de aquisição são o financiamento, o consórcio e o pagamento à vista. Financiar ainda é a opção mais procurada pelos brasileiros, por conta de suas facilidades. Para pagar à vista, é necessário ter o valor total do imóvel — o que boa parte da população não tem —, e, para fazer consórcio, o comprador vai correr o risco de demorar para ser sorteado, adiando, assim, o sonho da casa própria. 

Tendo isso em vista, nós, da D.Borcath, vamos explicar para você um pouco mais sobre como financiar um imóvel e sobre o que vai ser necessário fazer para concretizar o seu sonho! 

Pesquise as Melhores Condições 

Financiar um imóvel consiste no seguinte processo: você contrata o serviço de um banco em que ele abata uma porcentagem considerável do valor do imóvel. Assim, você passa a pagar a quantia emprestada em parcelas já com juros embutidos.

Várias instituições financeiras oferecem linhas de financiamento. Claro, cada uma apresenta aos seus clientes diferentes condições de taxas para o pagamento. Atualmente, o banco que oferece as tarifas mais baixas é a Caixa Econômica Federal. 

Entre as linhas de financiamento também há algumas diferenças na amortização do valor contratado, como, por exemplo, o Sistema de Amortização Constante (SAC) — o mais comum —, o Sistema de Amortização Crescente (Sacre), a Tabela Price e o Programa Minha Casa, Minha Vida. 

É muito importante você pesquisar sobre o tipo de financiamento ideal para o seu bolso. Assim, você pode planejar o pagamento e evitar dor de cabeça no futuro. Vale lembrar que o pagamento das parcelas dura muitos anos!

Documentação Necessária 

A documentação que você vai precisar para financiar o imóvel dos seus sonhos pode variar de acordo com a instituição financeira que você contratar. Mas, a título de ilustração, vamos tomar como exemplo os documentos exigidos pela Caixa Econômica Federal. O banco pede os seguintes documentos: Documento de Identidade (RG ou CNH), CPF, Comprovante de Estado Civil, Comprovante de Endereço, Comprovante de Renda, Declaração de Imposto de Renda, Extrato do FGTS e a Carteira de Trabalho. 

Por que financiar? 

Caso você não tenha o valor total, financiar ainda é a opção mais rápida para adquirir um imóvel. A Caixa — que corresponde a cerca de 70% dos financiamentos no Brasil — estipula um prazo inicial de 10 dias para aprovar a liberação da quantia contratada. No entanto, por conta de problemas na documentação, esse prazo pode se estender por até três meses

Mesmo assim, em média, é um tempo bem curto. Em comparação com o consórcio, por exemplo, o sorteio do valor pode durar anos. Essa modalidade é mais indicada para investidores ou para quem não tem pressa para a mudança.  

Financiar um imóvel é um grande passo na vida. Exige muita pesquisa e, claro, planejamento. Nós, da D. Borcath, estamos dispostos a ajudar você a esclarecer dúvidas e a correr atrás dos seus objetivos! Entre em contato conosco aqui! Gostou das nossas dicas? Leia mais no nosso blog!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *